domingo, 28 de agosto de 2011

Ah, Essa coisa chamada de AMOR!

Quem nunca cometeu loucuras por um bem amado?
Ou quem já mais seria capaz de faze-las?


Imagine só a seguinte historia:
-Um homem e uma mulher se conhecem, se apaixonam e decidem se relacionar. O relacionamento ainda prematuro da vida a uma criança fazendo assim com que os dois tenham que se juntar definitivamente, logo em seguida outra criança surge de tal amor.
Mas a vida é difícil e a seca de tal lugar onde vivem não ajuda muito quando o assunto é trabalhar para sustentar a família.
Ajudados por parentes eles decidem se mudar...
Essa poderia ser a historia de luta e conquistas de um casal que batalhou junto para permanecerem juntos!
Mas a vida real nunca sera um conto de fadas e essa segue um rumo bem diferente.
Chegada na nova cidade, onde tudo parecia ser mais fácil, os dois ainda estão se acostumando a nova rotina, os filhos pequenos, a mãe trabalhando fora, e o pai com um ótimo serviço, arrumado por alguns parentes.  O tempo vai passando e não demora muito para perceber que aquela família não teria um final tão feliz, o homem de cabeça fraca e pouca coragem descobre o prazer oferecido por algo não muito recomendado. As DROGAS!  Tempos depois o gosto da traição também se faz presente naquela casa, a mulher que trabalhará para criar os dois filhos pequenos e ainda sustentar o vicio do marido, que sem pudor algum roubava dela o que lhe restava ou simplesmente tirava da boca das crianças o pouco que elas tinham.
E para seu filho mais novo ele ainda era um herói mesmo não se comportando como tal.
Os tempos vão se passando e ele cada vez se afundando mais e mais, e aquela mulher que exitava  em larga-lo, aquela que já não tinha mais o marido, apenas um parasita que dependia dela até para o sustento do próprio vicio, incapaz de se desfazer de tal vida e mais incapaz ainda de manter a família em pé!
tentando lutar contra todos, ela sempre permaneceu ao seu lado, e mesmo que todos a atirassem pedras ela não ligaria, pois ela o amava. Amava de mais.
Jurado de morte por traficantes, ele precisava ir embora e o que aquela moça poderia fazer para salvar sua vida?
Pedir ajuda aos irmãos, mentir que o largaria se fosse preciso, implorar para que o mandassem de volta para o lugar de onde viera, é claro que a família não mediu esforços para ajuda-la, livrando-o assim do perigo!
Mais o que eles esperavam era que a moça se refizesse e seguisse sua vida apenas com seus dois filhos, e seria assim, exatamente, se isso que lhes conto fosse uma historia de filme americano, ou conto de fadas.
Mas quem foi mesmo que disse que a vida é fácil, quem foi?
Ela desiludida e longe do seu amado, resolve voltar para os braços dele. Lá naquele lugar onde a seca é constante e o sol é muito forte, onde o trabalho falta, e a vida é tão pobre, mas quem liga para tudo isso?
Com amor, por amor, ela o fez e é isso quem importa o que o vento leva, com o amor logo volta!


Quem pode a julgar?
Quem pode dizer que por amor verdadeiro não faria o mesmo?
"O amor é a coisa mais LINDA e mais BURRA que existe na Terra!"

4 comentários:

  1. Na vida, tudo é dificil, se fosse fácil não seria vida, mas sim piriguete kk. Agora sério, se tivessemos tudo que desejassemos a vida seria facil de mais, sem graça, sem obistaculos, sem lágrimas só sorrisos, todos seriam mimados, mas como a vida n é assim, temos obstaculos, tristezas, lágrimas e felicidades.

    ResponderExcluir
  2. Hehehehe, o amor não é burro não, o amor é a única possível, suprema inteligência. Burros somos nós que nos atemos à logiquinha nossa de cada dia... Beijos e sucesso, querida!!

    ResponderExcluir
  3. Estava navegando pela net e tive a felicidade de encontrar o seu blog!!!

    Convido você a dar uma passadinha no meu: http://docesonhodemenina.blogspot.com/

    Ah, como amei seu blog, tenho um selinho para você: http://1.bp.blogspot.com/-68Bb05pFul4/Te1BfsqvBeI/AAAAAAAAATM/JPCRr0Mj7R0/s1600/dsm-selinho.jpg

    Mil Sweetkisses!!!

    ResponderExcluir
  4. Criis, Fernando e Sheila, que bom que gostaram, as duas utimas sejam bem vidas!
    e muito obrigada pelo selinho!
    beijokas

    ResponderExcluir

Achados....